O mundo que nós conhecíamos...

Fui ao cinema. A horário da sessão se aproximava e o primeiro filme que iria começar era Meia Noite em Paris (Midnight in Paris) de Woody Allen. Ele escreveu um roteiro para seu alter ego, todavia fui presenteada também, pois me vi ali, como se fosse descrito meu pensamento e a admiração que tenho pelas coisas que me emocionam. Como o filme está em cartaz ainda, não irei contar muita coisa sobre sua história.Também ,como fui assistí-lo sem nada saber do tema, o impacto emocional foi bem maior do que se antes eu tivesse lido alguma sinopse sobre o enredo. 
Quando o alter ego de Woody encontra uma lavanderia no lugar de um outro  estabelecimento ao qual pretendia ir, não pude conter minhas lágrimas. Uma cena que toque a sensibilidade, será sempre uma cena eterna.
 E hoje , o dia  frio surgiu com muitas nuvens escuras no céu. Não chove .O sol caminha lento no espaço celestial, aos pouquinhos aquecendo minhas ilusões por tempos que eu nunca vivi.


O mundo que nós ( eu e meu alterego) conhecíamos... "...but the dream was too much for you to hold..."
É... hoje estou nostáaaaaaaaaaalgica...
Besos 

Diva de Montalbán

Instagram